nov
23
2013

Professores do Estado terão auxílio psicológico a partir de 2014

Em audiência com o secretário de Estado da Educação, Herman Voorwald, o deputado Edmir Chedid (DEM) manifestou preocupação em relação à pressão sofrida por profissionais do ensino na rede pública. Ele defendeu amplo respaldo em segurança e solicitou auxílio psicológico à categoria por conta de ameaças e agressões praticadas por alunos ou familiares. O encontro ocorreu no último dia 19/11, na sede da pasta em São Paulo.

O secretário antecipou que irá propor à Secretaria de Estado da Saúde uma parceria para disponibilizar nas escolas, até 2014, psicopedagogo, terapeuta ocupacional e nutricionista. O modelo, conhecido como Unidade de Perícia Médica (UPM), já é empregado nas diretorias regionais.

Segundo o secretário, o tema foi debatido com o secretário da Segurança Pública, Fernando Grella. “A ideia é colocar ao menos dois policias militares para atuar no entorno das escolas. Até 2014, todas as escolas da Região Metropolitana serão monitoradas. Depois, estenderemos ao interior e litoral”, disse o secretário.

O parlamentar também reforçou pedidos de investimentos para Bragança Paulista, Socorro, Águas de Lindoia, Ilhabela, Santo Antonio do Jardim, Angatuba, Pedreira e Piedade. Também foram temas abordados: reforma e cobertura de quadras esportivas; creches; educação de jovens e adultos; internet nas escolas; ônibus adaptados a portadores de deficiência; vans para transporte de alunos; e furgão para transportar merenda.

echedid@al.sp.gov.br

Fonte: Agência Alesp

Deixe um comentário

Você deve ser LogadoPara postar um comentário.